O Brasil caiu do 66º para o 64º lugar entre os 126 países listados no Índice Global de Inovação (IGI), que é divulgado e publicado anualmente pela Universidade Cornell, o Instituto Europeu de Administração de Empresas – Insead e a Organização Mundial da Propriedade Intelectual – OMPI, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria – CNI e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae.

A China, pelo sétimo ano consecutivo, é a primeira do ranking. Pela importância no âmbito mundial da inovação a Associação Brasileira da Propriedade Intelectual – ABPI está trazendo para o seu XXXIX Congresso Internacional de Propriedade Intelectual, de 25 a 27 de agosto, no Rio, uma delegação do China Trademark Association – CTA.

 

Come back
SEJA UM ASSOCIADO